O Instituto de Biotecnologia da Universidade de Caxias do Sul iniciou suas atividades em 1975 e sua atuação ao longo de quase quatro décadas de existência tem sido no sentido de qualificar o ensino de graduação e pó-graduação oferecido pela Universidade, buscando sempre a inovação e estendendo à sociedade os benefícios do conhecimento científico e tecnológico produzido por seu grupo de pesquisadores.

Suas atividades iniciaram-se em novembro de 1975 com o projeto de pesquisa, aprovado pela FAPERGS, "Bases para utilização de clones Schizosaccharomyces pombe para o desenvolvimento de uma tecnologia microbiana para controle de acidez málica dos vinhos". Funcionando inicialmente como Núcleo de Pesquisa em Biotecnologia, em 1979, foi formalizada sua configuração como Instituto, passando a integrar a estrutura organizacional da Universidade.

Em 1981, a partir da realização do Curso de Especialização em Biotecnologia, os professores do Instituto, responsáveis, até então, por disciplinas em cursos de graduação, passaram a responder também pelo ensino de pós-graduação na área. Em 1993, o Instituto de Biotecnologia criou o primeiro curso de mestrado da Universidade de Caxias do Sul, o Mestrado em Biotecnologia, introduzindo a UCS no cenário nacional da pós-graduação stricto sensu. Em 2004, em decorrência da boa avaliação do Mestrado pela Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES), foi criado o Doutorado em Biotecnologia e, em 2010, com a criação do Mestrado Profissional em Biotecnologia e Gestão Vitivinícola, o Programa de Pós-Graduação em Biotecnologia passou a oferecer dois cursos de mestrado e um de Doutorado. Na última avaliação da CAPES, referente ao triênio 2007/2009, o Programa recebeu da Comissão de Avaliação o conceito Muito Bom e a nota 5, tendo sido o programa melhor avaliado na sua área (Biotecnologia).

Além das atividades de ensino e pesquisa, o Instituto também tem a finalidade de transferir para a sociedade os conhecimentos, tecnologias, produtos e serviços que resultam da ação de seus pesquisadores, responsáveis pela criação de uma série de patentes e tecnologias protegidas através de registro no Instituto Nacional de Propriedade Industrial (INPI), que integram o Portfólio de Inovação da Universidade de Caxias do Sul. Em seus laboratórios, onde interagem pesquisadores e estudantes de graduação e pós-graduação, realizam-se dezenas de projetos de pesquisa, desenvolvimento tecnológico e inovação, muitos deles com a parceria dos setores público e privado.

Instituto de Biotecnologia
Diretora: Profa. Dra. Rute Terezinha Silva-Ribeiro - E-mail: rtsribei@ucs.br

imagem da ucs

Campus Sede: Rua Francisco Getúlio Vargas, 1130 - CEP 95070-560 - Caxias do Sul  |  Endereços  |  Créditos

Fone: (+5554) 3218-2100 © 2001-2014 - Universidade de Caxias do Sul - Todos os direitos reservados